Erasmo Carlos foi umas das atrações da Feira do Livro de Rio do Sul


Músico falou sobre seu livro “Minha Fama de Mau”, escrita, cinema, carreira e parcerias

Um dos principais momentos da Feira do Livro de Rio do Sul foi a noite de 11 de outubro, com o bate-papo literário com Erasmo Carlos. Cerca de 500 pessoas passaram pela feira nesta noite. A conversa mediada pelo músico Ivo Wessner tratou principalmente do livro “Minha Fama de Mau”. É uma obra com várias passagens e momentos importantes da vida e da carreira do artista. Erasmo definiu o livro como uma reunião de “causos”, dividida e organizada numa sequência de contos. “Me considero um contista. O astro dos meus contos não sou eu, nem as outras pessoas que contracenam comigo, mas a piada final. Todos os contos tem uma curiosidade no fim, um desfecho engraçado”, explicou Erasmo. O bate-papo também abordou a relação do músico com a escrita, o cinema, o público e as parcerias com outros grandes artistas nacionais. Erasmo ainda atendeu o público para autógrafos e fotos.

Tiago Amado Equipe de Comunicação Fundação Cultural de Rio do Sul (47) 3521 7702 / 98806 6114


Posts recentes

Ver tudo

Nota: Cancelamento da Feira do Livro de Rio do Sul

Fundação Cultural planeja atividades para o Dia Nacional do Livro, em outubro No dia 13 de julho, a diretoria da Fundação Cultural de Rio do Sul realizou uma reunião para tratar da Feira do Livro de R